Conheça um pouco sobre a nossa história

Forró, um ritmo cheio de histórias, que cresce a cada novo encontro, a cada festival, onde acontece a interação de forrozeiros vindos de diversas regiões do Brasil e do mundo que têm em comum o amor e respeito por esse ritmo tão envolvente.

Nos festivais, temos a oportunidade de viver o intercâmbio cultural, fator que enriquece não só em termos de dança, mas também em termos musicais ao descobrirmos, ou redescobrirmos a história do forró, através do trabalho incansável dos DJs com suas pesquisas do ritmo e dos trios e bandas que ainda mantém viva essa cultura nordestina, colocando a galera para balançar até o dia clarear.

Nos festivais não existe estrelismo. Os trios e bandas circulam pelo salão, junto com o público, fazendo parte de um único cenário, prestigiando os colegas de trabalho e compartilhando da mesma energia.

É essa magia que trazemos para Olivença, distrito de Ilhéus, através do Festival de Forró Martinha Roots, proporcionando aos forrozeiros da região e de todo país uma festa com todos os elementos do forró pé de serra que tanto combina com seu clima.

Ilhéus, uma cidade cheia de belezas naturais, com uma rica história econômica e cultural, conhecida como a terra do cacau e da Gabriela Cravo e Canela através do romance do escritor Jorge Amado.

Com o intuito de promover e estimular o turismo em nossa cidade, a forrozeira, e agora também produtora Marta Porto, decidiu trazer para sua cidade o mesmo tipo de Festival de Forró que é encontrado em outros estados como RJ, SP, MG e ES, na tentativa de fortalecer a cultura do forró.

Festivais esses, de longas edições, outros mais novos no circuito, famosos por proporcionarem um encontro de forrozeiros a nível nacional e internacional em suas regiões, ocorrem durante todo o ano em meses distintos.

Marta Mendonça Porto, ou Martinha como é conhecida por todos, idealizadora do festival em Ilhéus, fez uma linda festa em maio de 2017 em comemoração aos seus 40 anos. Seus convidados (mais de 150 presentes na festa), sugeriram que ela incluísse a data no calendário de festas da cidade e, assim, nasceu o Martinha Roots.

Uma vez que já havia participado de alguns festivais, essa ideia lhe pareceu viável. No entanto, foi após participar do Festival Uma Tonelada de Forró, em novembro de 2017, na cidade de Santo Estevão/BA, que Marta acreditou que poderia mesmo dar certo e já montou toda a estrutura para o seu festival, Martinha Roots.